Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

O Nome Dela

Quando os fulgores coruscantes correm pelos céus plúmbeos da melancolia, traçando tormentosos circuitos por entre a frieza das estrelas resguardadas, fecho os olhos, isolo-me da intempérie e o nome dela relampeja sob as minhas pálpebras num zumbido indistinto e suave, um enxame de abelhas passeando pelos longos corredores da memória, a melíflua recordação de verões perdidos e o doce calafrio do sal atlântico trazendo à minha pele o arrepio deleitoso de um outro tempo. Nessas ocasiões, volto a sentir o sorriso que aprendi dela, impresso nos meus lábios com a vermelhidão das cerejas surripiadas das árvores do contentamento, símile da prazenteira inocência agora esmaecida pela veloz passagem das carruagens na férrea linha temporal, num tiquetaque contínuo e irrefreável. E elevo-me na minha própria brisa, espalhando cálidos ventos que resfriam os meus cabelos já cãs e afastam os cúmulos-nimbos para as vastidões de um oblívio provisório de mim mesmo, até que a quietação retorne na anelante respiração de jogos revividos, a Infância decididamente nunca perdida insinuando-se na minha mente…

Imagem: Infância Perdida (Lewis Blehrman) (www.lewisblehrman.com/Lost%20Childhood%20copy.jpg)

música: At Last (Diana Krall & Lou Rawls)

publicado por V.A.D. às 01:36
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Emanuela a 28 de Janeiro de 2008 às 01:59
Sempre achei que uma infância segura e feliz é o que de melhor se pode oferecer a um ser humano. Naquela base, todo o edifício da vida irá se apoiar. Fico contente que a tua tenha sido tão decididamente feliz. Que jamais percas esta maravilhosa criança de dentro de ti.
Um beijo!


De V.A.D. a 28 de Janeiro de 2008 às 02:21
Amiga, subscrevo na íntegra aquilo que tão bem referes. Uma infância feliz favorece um crescimento mental equilibrado, servindo até de apoio, através das memórias, nos momentos menos bons que todos têm de enfrentar.
Dou-me por feliz por poder recordar esses tempos com um sorriso nos lábios... :-)
Desejo-te uma óptima noite e uma semana cheia de alegria!

Um beijo... :-)


De alexiaa a 28 de Janeiro de 2008 às 16:25
Ao ler-te lembrei-me dum cheiro em particular da minha infância, acho que é bom quando isso acontece né?:)
Subscrevo na íntegra o teu subscrever, a infância são os pilares onde assenta a nossa essência!

Beijo sisudo que hoje não estou para graçolas:)



De V.A.D. a 29 de Janeiro de 2008 às 01:56
Amiga, creio que sim, que é bom... :-) Talvez signifique que o meu pobre texto tenha conseguido despoletar recordações que desejo agradáveis... :-)

Hummm... Lembra-te novamente da infância e das brincadeiras... Pode ser que a tua noite seja feita de risos nadinha sisudos!

Um beijo sorridente... :-)


De **** a 28 de Janeiro de 2008 às 18:15
Realmente não há melhor companhia nos momentos em que "os fulgores coruscantes correm pelos céus plúmbeos da melancolia, traçando tormentosos circuitos por entre a frieza das estrelas resguardadas". Não há mais fiel amante, mais aconchegante amigo, mais inteligente aliado.

Perdemos muito desde então, somos obrigados a fazer trocas, a crescer, a amadurecer, estamos condenados a perder um pouco daquela docura que se dilui na esperiência do "tiquetaque contínuo e irrefreável" ao qual não escapamos - o que importa é tentar manter o máximo que conseguirmos, nem que seja para relembrar, para deixar escapar nos instantes de desespero, em risos incontidos ou nas palavras que damos à luz.

Beijos
inocentes como eram os desse outro tempo decididamente nunca perdido
e sinceros como parece ser cada eco das palavras que sempre bem usas

Sophia


De V.A.D. a 29 de Janeiro de 2008 às 02:04
À medida que amadurecemos, foge-nos a inocência e os dias despreocupados esvaem-se na pressa de uma existência cheia de obrigações...

Felizmente, as minhas recordações de infância servem de bálsamo naqueles dias mais cinzentos e transportam-me para essa época de brincadeiras e sorrisos... Volto a sentir-me uma criança e consigo perspectivar as coisas de uma forma muito mais suavizada... :-)

Não me canso de agradecer as tuas palavras; também nelas ecoam a sinceridade e a maturidade que sempre tens sabido revelar.

Um beijo e um enormeeeeee sorriso... :-)


De A Túlipa a 28 de Janeiro de 2008 às 20:53
Sorrio com os teus posts quase timidamente mais românticos. São delicados e nunca exagerados. Sõ a conta certa de amor transposta no papel. É obm, sabe bem ler.

'


De V.A.D. a 29 de Janeiro de 2008 às 02:13
Amiga, fico muito contente por saber que te consigo fazer sorrir com a simplicidade das palavras, que não são mais que o reflexo do meu gosto pela vida... :-)
Agradeço-te a amabilidade que sempre revelas nas tuas visitas a este espaço, e desejo-te uma noite muito, muito agradável!

Um beijo... :-)


De Pérola a 28 de Janeiro de 2008 às 22:16
Amigo:

Estou de volta, obrigada pela preocupação. Os dentinhos continuam a dar-me dor de cabeça (e de dentes)!

Que bom chegar aqui e ver estas palavras. A infância faz parte de nós para sempre. Por isso depende de todos nós dar uma infância feliz às crianças, com muitas coisas boas para recordar.

beijinho grande!


De V.A.D. a 29 de Janeiro de 2008 às 02:18
A dor de dentes é algo de terrível. Já sofri, algumas vezes, com esse desespero desgastante e espero que ele se desvaneça rapidamente...!
Felizmente, a minha infância foi plena de alegria e recordá-la constitui sempre um bálsamo para os dias menos luminosos... :-)
Amiga, desejo-te uma noite serena e sem dores de qualquer espécie!

Um beijo e um enormeeeeeeee sorriso... :-)


Comentar post

.quem eu sou...

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

blogs SAPO

.subscrever feeds