Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

Derrocada (IV)

“Não queria pensar naquilo, não me podia deixar envolver pela melancolia arrasadora que se infiltrava em cada célula do meu corpo, de cada vez que tentava vislumbrar o sombrio futuro que parecia certo… Despertei das lucubrações em que me deixara cair, quando ela me chamou.

- Vem, não fiques aí tanto tempo. Não gosto de te ver assim; sabes que não adianta nada pensar naquilo que há-de vir. Não podemos fazer nada, a não ser esperar que não nos atinja…

- Eu sei, tens toda a razão, mas não sou capaz de o evitar. Já pensaste que tudo o que a humanidade construiu pode vir a ser apagado em tão pouco tempo?

- Não acho que as coisas venham a ser apagadas; o que vai deixar de existir é a continuidade da nossa espécie, enquanto possuidora de inteligência. Parece-me que vai regredir até à idade da pedra e talvez volte a passar por tudo outra vez…

- Achas que será uma espécie de recomeço?

- Não sei, não sei nada… – Irrompeu num choro silencioso, de desespero e de impotência perante a situação. Aproximei-me e abracei-a com força e, enquanto as lágrimas lhe rolavam pelo rosto, chorei também…”

V.A.D. em Derrocada.

Imagem: Abraço (www.benettontalk.com/hug.jpg)

música: Crying (Roy Orbison)

publicado por V.A.D. às 01:45
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De dhyana a 25 de Setembro de 2007 às 11:47
Li as trés partes da Derrocada e adorei. Já leste o original da História Interminável? Há uma altura em que o NADA ataca toda a população e propaga-se como um vírus com uma rapidez espantosa, e há uma única criança capaz de travar a situaç. mediante a escolha de um novo nome para a Imperatriz Criança. Quem sabe esse misterioso mal, semelhante a uma demência, desaparecerá quando dermos um novo nome ao Mundo e a Natureza?!
Beijos..


De V.A.D. a 25 de Setembro de 2007 às 14:21
Obrigado, minha amiga!
Não tive (ainda) oportunidade de ler a "História Interminável" mas, uma vez que de certa forma me recomendas a obra, farei o possível por a adquirir.
Temo que o final desta minha simples história seja bem mais tenebroso... E , por agora, não posso dizer mais, não vá estragar o suspense, eheheheh :-)
Votos de um excelente dia!

Um beijo...


De melissa.yedda a 25 de Setembro de 2007 às 21:17
Oi. Venho acompanhando o desenrolar da história com grande interesse.
No meu blog, há um certificado para ti. Dá uma passadinha por lá e vê se o aceitas. Um beijinho!


De V.A.D. a 26 de Setembro de 2007 às 02:08
Olá! :-) Espero que a história possa ser interessante até ao final...
Já passei pelo teu espaço; agradeço-te a oferta e digo-te que aceitá-la-ei com imenso prazer... :-)

Um beijo...


Comentar post

.quem eu sou...


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds