Domingo, 8 de Julho de 2007

A Tela Da Vida

Quando Leonardo da Vinci levantou o seu pincel pela primeira vez para pintar a Mona Lisa, é indubitável que o fez sobre algumas linhas de esboço que retocou várias vezes, até captar aquele sorriso misterioso. Nós, comuns mortais, cujas obras se resumem àquilo que construímos no dia-a-dia, nem sempre podemos fazer um rascunho e raramente temos a possibilidade de o rever. O frenesi absurdo da modernidade exige que actuemos; derramamos a tinta dos nossos actos sobre a tela da vida, com a ilusão de estarmos a criar uma obra-prima. Se o quadro resulta num borrão salpicado de manchas sem nexo, julgamo-nos vítimas dos caprichos arbitrários de um destino que não controlamos, quando na verdade a fraca qualidade da pintura se deve muitas vezes à nossa própria incúria. Cada acção que realizamos é uma escolha, mesmo que não estejamos cientes disso.

Imagem: Dripping (www.illinoisphoto.com/pictures/d/126418-2/dripping+paint.jpg)

música: That's Life (Frank Sinatra)

publicado por V.A.D. às 02:41
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Emanuela a 8 de Julho de 2007 às 05:33
Bem, Da Vinci , além do dom natural, deve ter frequentado algum curso de pintura onde pode se aperfeiçoar... O nosso "curso da vida" às vezes não tem um mestre à nossa disposição para tirar-mos as dúvidas, ajudar-nos a aperfeiçoar os traços...É, na maioria das vezes, contar com nosso dom, e nossa enorme boa vontade em tentar aprender o melhor que pudermos. E muitas vezes, nem sabemos a tinta certa a ser usada nesta grande obra. Por isso tantas vezes acabamos borrando a tela..hehe. Um beijo grande!


De V.A.D. a 8 de Julho de 2007 às 22:09
Estou plenamente de acordo; na vida, somos quase sempre mestre e aluno. Aperfeiçoamos a nossa técnica aprendendo com os erros e evitando a sua repetição, ou experimentando novos tons, novas cores, fazendo da existência uma tela sempre em mudança, não receando os reveses e as críticas menos positivas. Qualquer destas opções é aceitável. O que não devemos fazer é culpar o destino pelos resultados menos positivos; temos de reconhecer que muitas vezes não sabemos usar os pincéis certos...
Votos de uma óptima semana.

Um grande beijo... :-)


De alexiaa a 8 de Julho de 2007 às 18:07
Sabes que quando te li senti um ataque de pânico imenso, não sei se conseguirei voltar a ser espontânea nas próximas…24horas:)).
Mais uma vez temo estar longe do teu objectivo, afinal o problema não é científico:), o teu post é sem dúvida certeiro e pragmático mas…:))) muito pouco emocional mesmo com o adereço da Mona Lisa!
Ai…tenho aqui a cabeça num turbilhão, há imensa coisa que me apetecia dizer mas as ideias flúem todas ao mesmo tempo e não me parece que conseguisse agora soar coerente!

P.S Isto é um ensaio…talvez brevemente volte para um discurso sem borrões!
Ou não..porque aí perdia a piada, não??!!

Beijo


De V.A.D. a 8 de Julho de 2007 às 22:38
Ah...! Mas eu não disse que a espontaneidade não é uma grande virtude! Há alturas em que nem sequer colocamos a hipótese de elaborar um plano; agimos muitas vezes de acordo com a nossa "intuição" e esperamos que o resultado se revele positivo. Contudo, esta forma de acção não deixa de ser uma escolha nossa e, se a tela ficar borrada não devemos atribuir as culpas àquela entidade mítica a que se chama destino; devemos arcar com as nossas responsabilidades... :-)
E não há razões para pânico; qualquer semelhança entre os meus textos e a realidade é pura coincidência, ehehehe :-)

Um grande beijo...

P.S.: Não me parece que os teus discursos tenham alguma vez sido obras de inferior qualidade. Têm sempre cores vivas e traços sem hesitações. E, embora eu tenda a ser hiperealista, não nego ser um grande apreciador de surrealismo...:-)


Comentar post

.quem eu sou...


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds