Quarta-feira, 30 de Maio de 2007

Devastação

As devastações causadas no passado pela natureza excederam em muito as provocadas pelo Homem. A perspectiva de catástrofes não é novidade para as sociedades humanas: a peste bubónica matou talvez 75 milhões de pessoas e causou o desaparecimento de comunidades em grandes áreas da Europa e da Ásia durante a Idade Média; na China, nos finais do século dezanove, a fome dizimou um contingente de camponeses estimado em mais de duas dezenas de milhão. Desde então, inundações, longos períodos de seca, furacões e epidemias continuam a atestar os contínuos caprichos destruidores da natureza. Por ignorância e avidez, a humanidade muitas vezes acelerou a deterioração do ecossistema global com a erosão do solo, com o derrube de florestas, com o cultivo exagerado e impróprio dos campos e, no último século, com o aumento exponencial da emissão de gases que representam um perigo acrescido para a estabilidade, sempre precária, do clima do nosso planeta. Equilibrar crescimento e declínio, cautela e desenvolvimento, Homem e Natureza, é um requisito essencial para que possamos manter um modo de vida tolerável.

Imagem: Devastação (www.artuk.co.uk/waashow2/azure/artwork/In%20Devastation1.jpg)

música: The End Of The world (The Cure)

publicado por V.A.D. às 02:11
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Melissa Yedda a 30 de Maio de 2007 às 02:30
"Desenvolvimento sustentável". Mas os maiores responsáveis pela destruição do eco-sistema estão mais preocupados em ganhar dinheiro e poder...Aí, haja beja-flores para fazer sua parte... Abraços!


De V.A.D. a 31 de Maio de 2007 às 01:34
Infelizmente, a poderosa e cega máquina da economia não tem contemplações ecológicas...

Um abraço!


De My Way a 30 de Maio de 2007 às 15:35
Uma verdadeira "Verdade Inconveniente" já nos tinham prevenido,agora vamos começar a sofrer as consequencias...

Verdade Inconveniente - http://cat_3105.blogs.sapo.pt/6743.html

Ficar bem


De V.A.D. a 31 de Maio de 2007 às 01:40
Tinha lido e comentado o teu post... :-)
É preocupante que pouco se tenha feito globalmente para reduzir os riscos das catástrofes possíveis.

Um abraço!


De In a 30 de Maio de 2007 às 19:59
É pena que demore tanto tempo a pôr em prática algumas das leis de carácter ecológico. Embora ache que as pessoas em geral, pouco a pouco, se vão treinando em assuntos como a reciclagem ainda é pouco para aquilo que urge fazer.
Se ao menos as grandes potências investissem nesses assuntos a sério... mas há sempre outros valores que se levantam...


De V.A.D. a 31 de Maio de 2007 às 01:52
Mais do que de leis, precisamos de uma mudança de mentalidades; pode ser que a tomada de consciência deste problema seja a génese dessa mudança que, como refere, é urgente.
Há que ter esperança; ainda é possível inverter a marcha... :-)

Um abraço!


Comentar post

.quem eu sou...

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

blogs SAPO

.subscrever feeds