Sábado, 21 de Abril de 2007

HGM

Para os biólogos, cada indivíduo é parte integrante do passado, presente e futuro da espécie humana. O património genético comum a todos é transmitido de geração em geração, assim como tudo o que foi descoberto, inventado e realizado. Os meios para a transferência da informação são, obviamente distintos. O registo da história é feito numa base inventada pelo Homem, enquanto que a própria história da evolução da espécie está gravada no seu genoma. No futuro, será lógico supor que, através da compreensão do funcionamento do genoma humano, a humanidade, devido à sua natureza técnica e cultural, desejos e ambição, venha a mudar radicalmente a informação genética, de forma a tentar melhorar as condições de vida das futuras gerações. O desenvolvimento de novas ferramentas para o diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças depende de um conhecimento profundo dos cromossomas e de aproximadamente 25000 genes. Num futuro não muito distante, certas doenças serão descritas com precisão através de trechos do código genético, e o tratamento será feito com uma proteína a ser introduzida nos cromossomas do paciente. Chegará o dia em que seremos capazes de criar, clonar e inserir no nosso genoma os genes que nos interessam, muito genes, talvez milhares deles. Eles ampliarão em centenas de vezes os nossos recursos biológicos de sobrevivência. E nessa altura, o Homem deixará de ser Homem: passará a chamar-se Homem Geneticamente Modificado. É um bocadinho assustador, não é?

Imagem: Genoma www.invdes.com.mx/BancodeImagenes%5Cgenoma.jpg)

música: Old and Wise (Allan Parson's Project)

publicado por V.A.D. às 01:44
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Insideout a 25 de Abril de 2007 às 02:55
Hum... Um bocadinho é pouco... É muitooo assustador!
A clonagem tem as suas vantagens, na minha opinião, para as mais variadas áreas, no entanto, tem também as suas limitações éticas, que espero que sejam mantidas.
Beijinhos.


De V.A.D. a 25 de Abril de 2007 às 22:16
Embora considere a clonagem algo de muito assustador, fico ainda mais aterrado perante a possibilidade da manipulação genética. Não me agrada a ideia de que o Homem possa criar "super-homens", subvertento a ordem natural da evolução. Além disso, em muita literatura de ficção temos vindo a ser alertados para a problemática da criação de monstros, em vez de seres teoricamente perfeitos. E quantas e quantas vezes a ficção se tem tornado realidade...

Beijinhos


Comentar post

.quem eu sou...

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

blogs SAPO

.subscrever feeds