Quinta-feira, 12 de Abril de 2007

Relativização

O Homem já se sentiu no centro do Universo, por dominar o que parecia ser um enorme planeta, com oceanos, montanhas, rios, florestas e desertos imensos. Hoje essa sensação parece pretensiosa e arcaica, mas vigorava há não muito tempo. Curiosamente, os avanços do conhecimento humano, se por um lado expandiram a nossa consciência, por outro reduziram a nossa importância aparente. Hoje sabemos que a humanidade só assumiu o seu papel previlegiado sobre a face da Terra depois de 135 milhões de anos de domínio do planeta por grandes e aparentemente pouco inteligentes animais. Sabemos que vivemos num grão de poeira na vastidão do Cosmos. No entanto, do confronto entre o que já descobrimos e aquilo que há por saber, sobrevive uma desafiadora questão: se o que julgávamos grande se revelou pequeno, onde residirá o limite do efectivamente incomensurável? "Tudo é relativo." Ao contrário do que muitos pensam, esta não é uma súmula do pensamento de Einstein. É uma constatação do senso comum para qualquer observador da história da humanidade.

Imagem: Galáxias em Colisão (http://origins.jpl.nasa.gov/universe/images/modern-universe.jpg)

música: Also Sprach Zarathustra (Richard Strauss)

publicado por V.A.D. às 01:36
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Emanuela a 12 de Abril de 2007 às 22:29
Pois é. E quanto mais aprendo, mais percebo que nada sei...


De V.A.D. a 13 de Abril de 2007 às 01:27
É verdade. Constato exactamente o mesmo. Na infinitude do há para saber, sinto-me um ignorante...
Mas não desisto de aprender, e creio que você também não é pessoa de desistir. :-)

Cumprimentos


De InsideOut a 14 de Abril de 2007 às 10:19
Tudo é relativo, não há nada mais certo!


De V.A.D. a 14 de Abril de 2007 às 22:42
É importante termos a consciência de que o nosso domínio do planeta é recente e pode ser fugaz.

Beijinhos


Comentar post

.quem eu sou...

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

blogs SAPO

.subscrever feeds