Domingo, 28 de Janeiro de 2007

Idade Média - parte 2

A única instiruição que não se desintegrou juntamente com o Império Romano do Ocidente foi  Igreja Católica, que acaba por vir a ter uma enorme influência sobre a vida, o pensamento e o comportamento do homem medieval. Responsável pela protecção espiritual da sociedade, mantém o que resta da força intelectual, especialmente através da vida monástica. Contudo, perdido o acesso aos tratados científicos originais da antiguidade clássica, as traduções em latim dessas obras, por vezes deturpadas, eram guardadas nos mosteiros, onde os religiosos viviam numa atmosfera que privilegiava a fé em detrimento das questões científicas. A educação era para poucos, pois só os filhos dos nobres estudavam, e era predominantemente religiosa e militar. Aprendia-se latim, doutrina católica e tácticas de guerra. A esmagadora maioria da população medieval era analfabeta e não tinha acesso aos livros, raros e copiados manualmente. A arte medieval foi assim fortemente marcada pela religiosidade da época, dado que as pinturas e os vitrais das igrejas eram, em conjunto com os sermões, uma das poucas formas de transmitir ao povo os ensinamentos religiosos.

Aproveito este post para recomendar um romance magistral de Umberto Eco, O Nome da Rosa, que viria a servir de base a um filme homónimo.

Imagem: O Rei David (Catedral de Canterbury, Kent, Grã-Bretanha) (www.historiadaarte.com.br/imagens/vitral.jpg)

música: After Time

publicado por V.A.D. às 23:17
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De aprenderaviver a 30 de Janeiro de 2007 às 14:10
Realmente a Igreja Católica já foi detentora de enorme poder, e tinham bem mais regalias do que a nobreza. No entanto, e como qualquer forma de poder, quando se torna excessivo e controlador, acaba por decrescer. Acho q é o q acontece hoje. A Igreja está muito descredibilizada entre os jovens.


De V.A.D. a 31 de Janeiro de 2007 às 14:10
É verdade. Esse descrédito tem uma relação directa com a incapacidade de adaptação, própria uma estrutura hierárquica muito pesada. Além disso, no meu entender, o acesso ao conhecimento por parte das pessoas faz diminuir a necessidade de uma religião...

Cumprimentos


De Dina a 15 de Maio de 2007 às 00:56
Não concordo com os comentários expostos porque tenho verificado um aumento significativo de adesão de jovens à Igreja. E tenho vivido isto que digo! A Igreja tem vindo a mostrar o carácter dinâmico da sua missão nestes últimos tempos. Exemplo disso são os novos grupos, movimentos e realidades um tanto ou quanto inovadoras que têm vindo a mostrar que não é necessário ter ar de xoninhas para ser cristão.

Vejamos o encontro dos jovens com o Papa em 2005:

http:/ www.youtube.com /watch?v=_1fVVG9xU9w

e o final de uma celebração da Eucaristia (Missa) - (sim, da Igreja Católica!!!) - Trata-se do Caminho Neocatecumenal.

http:/ www.youtube.com /watch?v=Ha8JQlLVvUM



Ânimo! Paz convosco!



Comentar post

.quem eu sou...

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

blogs SAPO

.subscrever feeds