Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2007

Serenidade

"Mas quando um homem, são de corpo e moderado, se entrega ao sono depois de ter despertado o elemento racional da sua alma e tê-lo alimentado de belos pensamentos e nobres especulações, meditando sobre si mesmo; quando evitou tanto reduzir à fome como saciar o elemento concupiscível, a fim de que se mantenha em repouso e não cause perturbações, pelas suas alegrias ou tristezas, ao princípio melhor, mas o deixe, só consigo mesmo e liberto, examinar e esforçar-se por apreender o que ignora do passado, do presente e do futuro; quando este homem amansou igualmente o elemento irascível e não adormece com o coração agitado de cólera contra alguém; quando acalmou estes dois elementos da alma e estimulou o terceiro, em que reside a sabedoria, e finalmente repousa, então, como sabes, toma contacto com a verdade, melhor do que nunca, e as visões dos seus sonhos não são de modo nenhum desregradas."

Excerto de A República de Platão

Imagem: Platão (www.cdcc.sc.usp.br/ciencia/artigos/art_26/proporcaoimagem/platao.jpg)

música: Vangelis - Mythodea - Movement 1

publicado por V.A.D. às 02:01
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De garibaldov a 13 de Janeiro de 2007 às 03:05
Considero que Platão construiu uma estrutura de pensamento suficientemente grande para abarcar quase todas as questões existenciais e sociais, mas falta pôr em prática.Não falar tanto, mas também descobrir como será viver o que Platão sonhou...


De V.A.D. a 14 de Janeiro de 2007 às 02:43
Platão foi, sem dúvida, um grande pensador. Esquematizou um mundo utópico, mas que peca por ser isso mesmo. As utopias são inatingíveis, mas, no entanto, pode-se percorrer parte do caminho que leva à aproximação a esse ideal.
Aproveito para agradecer o comentário.

Cumprimentos


De garibaldov a 13 de Janeiro de 2007 às 03:09
Considero que Platão construiu uma estrutura de pensamento suficientemente grande para abarcar quase todas as questões existenciais e sociais, mas falta pôr em prática.Não falar tanto, mas também descobrir como será viver o que Platão sonhou...


De melissa.yedda a 10 de Janeiro de 2008 às 02:17
Acho que mesmo sem querer sou uma seguidora de Platão. Vivo muito de utopias... e não consigo sair delas.
Beijinhos.


De V.A.D. a 10 de Janeiro de 2008 às 02:53
Acho que todos nós nos agarramos a um sonho e, por muito que queiramos, não o conseguimos renegar. Talvez nem devamos fazê-lo, porque precisamos de perseguir uma utopia... Talvez isso nos dê forças... :-)
Desejo-te uma magnífica noite!

Um beijo... :-)


Comentar post

.quem eu sou...


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds