Domingo, 5 de Outubro de 2008

Evos

“Todos os evos da sua vida não passavam agora de um fugaz momento, o passado constituindo uma mera ilusão enevoada pelas brumas de um tempo que, obstinado no seu fluxo, parecia não querer reconhecer que toda a verdadeira significância se condensa no presente, ou ainda num futuro feito de aspirações a substanciar ou de realizações a consolidar. Ali estava, emudecido pela extraordinária beleza daquelas horas, extático perante a profunda simplicidade de algo tão veementemente sentido, rendido à absoluta perfeição de um mundo inteiramente novo, avassalado por uma emotividade que equilibrava a razão e lhe propiciava uma orgia sensorial de sabor a chocolate e laranjas, de doces aromas a unguentos perfumados, de geométricos toques em cadências mais que perfeitas… Ia-se apercebendo, a cada instante, dos simples segredos até então encerrados no seu próprio âmago, a revelação crescendo numa espécie de liberação levitante, conduzindo-o a uma ventura impossível de expressar cabalmente em simples palavras…”
V.A.D. em Evos
Vídeo: Can’t take my eyes off of you (Andy Williams) (http://www.youtube.com/watch?v=wHs2hYiUq5w)

publicado por V.A.D. às 03:00
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De **** a 5 de Outubro de 2008 às 21:00
" toda a verdadeira significância se condensa no presente " - há momentos em que vivemos como automatos, rendendo-nos por completo à rotina, limitando-nos a abandonarmo-nos na corrente de ilusões - quando algo nos faz quebrar essa passividade, "uma mera ilusão enevoada", é que realmente damos valor ao tempo, ao mundo, a nós, à vida.
Então é que nos vamos "apercebendo, a cada instante, dos simples segredos até então encerrados no próprio âmago", de todos os sonos, cheiros, sabores, texturas e cores...

Depreendendo, quem sabe de forma errónia e presunsosa, que já senti algo similar, ficando emudecida "pela extraordinária beleza daquelas horas", não poderia arranjar melhor definição que uma "espécie de liberação levitante". Concordo, é "uma ventura impossível de expressar cabalmente em simples palavras", contudo não imagino melhor forma d o tentar fazer... é fantástico, meu amigo, vais-me continuamente surpreendendo a cada texto que leio.

Beijos
e desejos duma noite avassaladora, numa "orgia sensorial de sabor a chocolate e laranjas, de doces aromas ",

Sophia

PS - adoro a música


De V.A.D. a 12 de Outubro de 2008 às 02:34
O fluxo contínuo e regular dos eventos rotineiros funciona muitas vezes como uma espécie de soporífero, um sono sem onirismo, uma espécie de inane sobriedade infiltrando-se no próprio âmago, negando a cor da existência... Até que algo surge inesperada e avassaladoramente, numa espontaneidade absolutamente bela e sincrónica que tudo altera... :-) As percepções tornam-se muito mais profundas, a nossa própria identidade ganha contornos mais definidos, de vultos indistintos passamos a figuras muito mais evidentes aos nossos próprios olhos... Tornamo-nos infinitamente mais cônscios, ainda que sobejamente "levitantes"... :-)

Não creio que seja presunçosa, a assunção de que terás já sentido algo de similar... Terás experimentado, também, a dificuldade que constitui a tentativa de transformar em palavras aquilo que se sente... Fico contente, muito contente, por perceber que o resultado deste exercício te é agradável e cabe-me agradecer a gentileza com que sempre me presenteias, através dos teus comentários...*

Formulo os votos de que também a tua noite seja verdadeiramente magnífica!

Beijos e sorrisos infindavelmente ilimitados... :-)


Comentar post

.quem eu sou...

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

blogs SAPO

.subscrever feeds