Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Ponto Zero

“Acordou a meio da noite, incapaz de conciliar o sono que o corpo pedia com a apreensão que teimava em insinuar-se a cada raciocínio, os pensamentos virando-se para estranhas especulações, uma aflitiva perturbação roubando-lhe a serenidade desejada, o esgotamento adensando-se, lodoso e negro. Abriu os olhos apenas para nada ver, a escuridão informe envolvendo-o num frio imaginário, o calor da noite estival negando-se a invadir-lhe o âmago gélido de espanto. Basto não lhe era o tempo, nenhum lugar se lhe afigurava adequado naquele limbo absurdo e caótico entre universos. Sentira-se capaz de atingir a mais absoluta das verdades, a solução última para as carências afigurara-se-lhe tão tangível quanto os pares de partículas em perpétua génese a partir do nada. E tudo se dissolvera num afastamento irremediável, como se um simulacro do efeito Casimir se tivesse insurgido contra esse contacto com a mais profunda e inextinguível das energias, o desencanto do descaminho abalando-o, a noção de insuprível falha fazendo-o sentir-se culposo. Cerrou as pálpebras, num deliberado esforço. A seu lado ela dormia, a cadência suave da sua respiração actuando como um soporífero, a placidez regressando paulatinamente até ao esquecimento das horas ausentes…”
V.A.D. em Ponto Zero
Imagem: Efeito Casimir (http://apod.nasa.gov/apod/image/0612/casimirsphere_mohideen.jpg)

publicado por V.A.D. às 03:00
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De **** a 19 de Junho de 2008 às 15:11
"...o calor da noite estival negando-se a invadir-lhe o âmago gélido de espanto" - é espantoso o quão frágil pode ser a nossa vigília, podendo-nos ser roubado o sono por um acontecimento feliz que revivemos na incansáveis ou por um desgosto que nos preencha os pensamentos, por uma nova pergunta que permanece insolúvel no nosso entendimento ou por uma nova resposta que entra em confronto com todos os conhecimentos anteriores...
No último caso, mais do que uma “noção de insuprível falha" que nos faz sentir culpados e irados - “como se um simulacro do efeito Casimir se tivesse insurgido contra esse contacto com a mais profunda e inextinguível das energias” e contra nós mesmos – abrem-se novas perspectivas, novas tarefas apresentam-se... por momentos sentimo-nos desconfortáveis, mas é assim que o mundo pula e avança.

Confio que "a cadência suave da sua respiração" - um ritmo doce, uma presença serena - deve ser um bom soporífero para muitas dessas ‘insónias’, ideal para embalar os sentidos e acalmar todo esse torpor tão maravilhosamente transcrito...

Muitíssimos Beijos
e desejos uma noite menos atribulada

Sophia


De V.A.D. a 30 de Junho de 2008 às 02:51
Por vezes, no silêncio da noite, adormeço com os pensamentos virados para os enigmas que me fascinam... Por breves instantes, sinto-me ilusivamente próximo das respostas às perguntas que me cruzam a mente... Normalmente o sono derrota, sem lutas, a inquietude que se pode insinuar, talvez porque a cadência suave de uma respiração serena opera maravilhas... :-)

Agradecendo as tuas gentis palavras, minha amiga, desejo-te também uma óptima noite e uma magnífica semana!

Um beijo e um enormeeeeeeeee sorriso... :-)


De Fisga a 20 de Junho de 2008 às 12:40
O DESENCANTO DO DESCAMINHO, FAZENDO-O SENTIR-SE CULPADO. MAS FINALMENTE REPARA QUE ELA DORME A SEU LADO. AO OBSERVA-LA, A CADENCIA SUAVE DA SUA RESPIRAÇÃO, FUNCIONOU COMO UM SOPORÍFERO. E FEZ A TRANQUILIDADE REGRESSAR. QUE BOM QUE É QUANDO ALGO NOS TRANQUILIZA NESTES MOMENTOS. UM BOM FIM DE SEMANA. UM ABRAÇO.


De V.A.D. a 30 de Junho de 2008 às 02:41
A cadência da respiração de quem dorme um sono sereno pode trazer a serenidade roubada por um sonho ilusivo... :-)

Votos de uma óptima noite, amigo!

Um abraço!


De poetaporkedeusker a 23 de Junho de 2008 às 01:47
Olá V.A.D.! Pela tua ausência nos comentários e pelas diferenças na periodicidade dos teus posts, vejo que continuas com muito trabalho.
Se consiguires, vai ao Arraial de S. João no cafe-com-nata.blogs.sapo.pt ... só te digo que vale mesmo a pena!!!
Abraço e uma boa semana para ti. ;)


De V.A.D. a 30 de Junho de 2008 às 02:34
Olá, amiga :-)

De facto, têm-me sido de todo impossível dar a atenção devida à blogoesfera e às pessoas que, como tu, se têm mostrado de uma enorme amabilidade para comigo.
Esta fase extraordinariamente trabalhosa está prestes a terminar. Após as férias que felizmente se avizinham conto poder regressar à escrita regular.

Agradecendo as tuas gentis palavras, desejo-te uma óptima noite e uma magnífica semana!

Um beijo e um enormeeeeeeeee sorriso... :-)


De poetaporkedeusker a 30 de Junho de 2008 às 10:49
V.A.D.!!! Fico muito contente por te pôr os olhos em cima! Perdeste um S. João que vai entrar para a história da blogosfera... quiçá para o Guiness Book...
quando estiveres de férias procura, no Café com Natas, as vésperas de s. João. Vale a pena ler, garanto-te!
Um abraço grande e vai-te preparando para essas merecidas férias!


De teresworld a 27 de Junho de 2008 às 14:19
Amigo VAD ,

Sinto-o demasiado ausente... espero que o seu último post , do qual transparecia cansaço e intranquilidade, seja apenas pura ficção .

Apesar de ultimamente pouco comentar, as minhas visitas a este refúgio são regulares. Gosto de viajar por entre mundos, e este seu mundo especial transporta-me para mundos de nível diferente...

Volte!

Um beijo sereno...

Teres


De V.A.D. a 30 de Junho de 2008 às 02:25
Olá amiga! :-)

Agradeço encarecidamente a preocupação e a amabilidade patentes nas suas palavras mas, felizmente, os relatos feitos nos últimos textos são mera ficção. Contudo, não nego que tenho vindo a sentir algum cansaço, dado que atravesso um período extraordinariamente trabalhoso, um novo projecto profissional roubando-me o pouco tempo livre de que disponho e levando-me a uma ausência forçada.

Conto poder regressar à escrita regular após as férias que felizmente se avizinham... :-)

Votos de uma óptima noite e de uma magnífica semana!

Um beijo e um enormeeeeeeeeeee sorriso... :-)



De Emanuela a 29 de Junho de 2008 às 04:47
Olá meu grande e saudoso amigo.Tua ausência tem feito com que teus leitores e amigos também se façam "estranhas especulações" e "uma aflitiva perturbação rouba-lhes a serenidade desejada". Afinal, teus textos sempre encantam e fazem conhecer outros mundos,viajar... Espero que não tardes a voltar para que possamos "esquecer das tuas horas ausentes".
Beijos. Bom domingo!


De V.A.D. a 30 de Junho de 2008 às 02:30
Olá, minha amiga :-)

Fico muito sensibilizado com a preocupação e a amabilidade patentes nas tuas palavras. Asseguro-te que têm sido as obrigações profissionais a forçar esta minha ausência temporária.
Após as férias que felizmente se avizinham, conto poder regressar à escrita regular... :-)

Aproveito para te desejar uma óptima noite e uma magnífica semana!

Um beijo e um enormeeeeeeee sorriso... :-)


De ligeirinha a 1 de Julho de 2008 às 00:00
Olá VAD!!!!! Desapareceste! Mas eu tambem......no entanto não nos "encontramos" no nosso desencontro....Para ti um grande beijo e uma noite lindaaaaaaa!


De ligeirinha a 2 de Julho de 2008 às 17:43
Óh VAD vai ao blog da poeta e manda-lhe 10 Euritos! É que precisamos mesmo para o novo PC para ela. Temos que dar um empurrão.....por alma de quem lá temos! ela precisa de escrever é fundamental para a saude fisica e mental1 Beijinhos!


De Cöllyßry a 3 de Julho de 2008 às 18:41
Vezes há que o acordar é doloroso, se deixa esse Mundo do Espiíto bem mais leve...

Tudo bem?...

Beijito e que seja terna a noite


De Café com Natas a 3 de Julho de 2008 às 23:19
Ó nino VAD, conseguimos o PC!!!!
Anda ver, caraças!
Estou feliz!
Beijinhos


De Fénix a 13 de Julho de 2008 às 21:30
Missing you!


Comentar post

.quem eu sou...


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds