Segunda-feira, 7 de Abril de 2008

Encosta-te a mim...!

                   

“O vento assobiava, incansável, o beirado com as suas saliências e reentrâncias fazendo vibrar o ar em movimento, os pequenos e invisíveis vórtices produzindo aquele som agoirento que antecipava a noite tempestuosa. A casa estava confortavelmente aquecida; a lenha, crepitando na lareira, ia-se desfazendo na quentura que enchia de placidez o ambiente, numa contradição artificiosa da natureza climática e do frio que instalara no seu âmago, o abismo negro da solidão envolvendo-o como se não mais pudesse regressar à companhia dela. Pousou o livro que não conseguia ler, as letras iludindo-o no tremeluzir das lágrimas que lhe inundavam os olhos, acendeu mais um cigarro e fixou-se no vazio que se lhe entranhava por todos os poros, num vão tentame de o desmentir.

Despertou subitamente, a frescura da água salgada caindo em pingos grossos sobre o corpo, o riso malicioso e brincalhão entrando-lhe pelos ouvidos adentro, as pálpebras semicerradas filtrando a intensidade do sol e ainda assim autorizando que o rosto dela se formasse na retina, a imagem dos cabelos húmidos e dos olhos sorridentes devolvendo-o à maravilha daquele dia de praia.

– Estavas a dormir?

Apercebendo-se do calor que sentia e do logro em que a sua mente o havia induzido, respondeu-lhe, antecipando o toque macio e refrescante da pele molhada de encontro à sua.

– Estava a ter um pesadelo. Deita-te, encosta-te a mim…!”

V.A.D. em Encosta-te a mim…!

Vídeo: Encosta-te a mim (Jorge Palma) (www.youtube.com/watch?v=Tu9HPz__3ys)


publicado por V.A.D. às 02:30
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De poetaporkedeusker a 7 de Abril de 2008 às 14:25
E uma belíssima "short story" enquanto, lá fora, cai o dilúvio do século XXI cá do burgo. O vento abana de tal forma as marquises que começo a duvidar da sua capacidade de resistência. Hoje, aqui em Oeiras, as coisas estão mesmo assim. E isto é mera narrativa...
Boa semana!


De V.A.D. a 9 de Abril de 2008 às 02:00
A nossa própria existência não é muito mais que um vasto conjunto de "short stories", amiga :-)
De facto, ontem foi dia de intempérie, o vento fazendo-se sentir violento e a chuva lavando tudo...

Esperando que o sol regresse, desejo-te uma noite muito, muito agradável!

Um beijo e um enormeeeeeeeeee sorriso... :-)


De **** a 7 de Abril de 2008 às 18:17
"Apercebendo-se do calor que sentia e do logro em que a sua mente o havia induzido" - Pessoalmente, acho que hoje se trocou o sonho e a realidade, sme qualquer prejuízo da fluência do texto. Como sempre maravilhoso e particularmente cheio de sensações
Dum estado depressivo, do "frio que instalara no seu âmago, o abismo negro da solidão" passa-se para um estado em que "pálpebras semicerradas filtrando a intensidade do sol" o torna mais sumamente descrito, mas mais vivido.
É melhor termos pesadelos e sermos confortados por o real, do que confiarmos nos sonhos para nos aquecerem. Se bem que seja sempre melhor termos esses do que nada...
Em todo é caso o pedido "encosta-te a mim" não precisa de qualquer pretexto e a sua satisfação basta para nos alegrar mais que a "maravilha daquele dia de praia".


"enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada / vai beijar o homem-bomba, quero adormecer." - Realmente os nossos gostos músicais não são assim tão divergentes
Uma voz fantástica há tanto tempo mal ouvida, uma letra tocante, uma melodia calma, uma interpretação simplesmente linda... só me continua a quebrar a harmonia vê-lo sentado ao piano enquanto toca e canta, num estilo inconfundível e estranho.

Muitos Beijos
e uma noite bem quente, mesmo com este tempo

Sophia


De V.A.D. a 9 de Abril de 2008 às 02:18
Realmente, a segunda-feira, data da publicação do texto, foi tudo menos um dia propício a praia e sol... No entanto, pode transportar-nos a dias assim, em verões imaginários ou reais, sonhados ou verdadeiramente vividos. Tento, sobretudo, retratar essas peculiares transições de humor, os momentos de cinzenta melancolia transformando-se nas cores quentes que a presença de alguém é capaz de irradiar.

Penso, muitas vezes, que só podemos dar o verdadeiro valor ao contentamento depois de experimentarmos a tristeza, mesmo que esta resulte da negrura de um pesadelo... :-)

Ehehehe, subscrevo: há coisas que não precisam mesmo de pretextos...!

Gosto de ouvir Jorge Palma e creio que há temas que são intrinsecamente bons, de tal forma que nossos gostos musicais não podem divergir tanto quanto o "fosso geracional" poderia fazer supor, ehehehehe :-)

Obrigado, amiga. Também eu te desejo uma noite magnífica, e um dia de amanhã cheio de sol!

Um grande beijo e um enormeeeeeeee sorriso... :-)


De perola a 7 de Abril de 2008 às 22:54
Uma das melhores sensações que me lembro ter tido é ter um abraço depois de um pesadelo. É bom sentir que não estamos sós.

Um grande beijo, amigo, e uma semana feliz e com menos chuva!


De V.A.D. a 9 de Abril de 2008 às 02:20
Há gestos tão simples e tão reconfortantes...! De facto, é fantástico como um abraço ou um simples toque pode fazer tão grande diferença... :-)

Obrigado, amiga. Também te desejo uma noite magnífica e uma semana cheia de sol!

Um beijo e um enormeeeeeeee sorriso... :-)


De Emanuela a 8 de Abril de 2008 às 02:53
Sonhos,pesadelos,devaneios,realidade... Mas, mesmo a realidade pode ser simples ilusão!
Beijos


De V.A.D. a 9 de Abril de 2008 às 02:27
Será a realidade apenas aquilo que percepcionamos? Serão os nossos sentidos isentos de falhas, transmitindo-nos fielmente aquilo que vemos, tocamos, ouvimos...? Haverá algo de muito mais profundo, que de tão elusivo nos escapa?
Não sei as respostas para estas perguntas, amiga, mas suspeito que entre aquilo que "é" e aquilo que "parece ser" existe, algures, um ponto de equilíbrio que devemos procurar e manter... :-)

Desejo-te uma magnífica noite!

Um beijo e um enormeeeeeeeeee sorriso... :-)


De Café com Natas a 8 de Abril de 2008 às 08:58
Ai!! Logo volto para ler com mais tempo.
Assim, de uma fugida já fiquei de boca aberta...
Ui... eu leio logo, que agora tenho que me concentrar...lol
Beijinho


De V.A.D. a 9 de Abril de 2008 às 02:31
Ehehehe :-) Amiga, lês mais atentamente quando e se puderes...! De qualquer maneira, agradeço o teu comentário, que me fez sorrir pela forma engraçada como foi feito... :-)
Agora concentra-te, nem que seja no sono, para que a tua noite seja agradavelmente repousante!

Um beijo e um enormeeeeeeeeee sorriso... :-)


De ligeirinha a 8 de Abril de 2008 às 19:27
Que frioooooooo!!!!!! Encostate-te a mim.........beijinhos!


De V.A.D. a 9 de Abril de 2008 às 02:34
Ehehehehehe :-)) Amiga, de facto as condições climatéricas não são das melhores: o sol e o calor do fim-de-semana parecem ter-se arredado de nós mas, e estou convicto disso, dias solarengos virão!

Desejo-te uma magnífica noite!

Um beijo e um enormeeeeeeeee sorriso... :-)


De teresworld a 10 de Abril de 2008 às 15:17
O tema é delicioso, gosto imenso de ouvir Jorge Palma e o momento é propício... um ombro amigo para partilhar as minhas mágoas.

Um beijo

Teres


De V.A.D. a 11 de Abril de 2008 às 01:06
Há alturas em um ombro amigo pode ser tão, tão importante...!
Jorge Palma é um poeta fantástico, embora me pareça que, de certa forma, tem sido incompreendido, talvez por ser uma espécie de "outsider", alguém que não se verga facilmente ao sistema... Este tema em particular é... apaixonante!

Votos de uma magnífica noite, amiga!

Um beijo e um enormeeeeeeee sorriso... :-)


Comentar post

.quem eu sou...

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

blogs SAPO

.subscrever feeds