Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Antiquitera (XI)

“A agitação da noite trazia-me uma estranha sensação de esgotamento, a comemoração decorrendo faustosa, músicos e dançarinas entretendo a alta sociedade rhodiana que comparecera em peso, o banquete de peixes variados, saladas, queijos de cabra e carnes de cordeiro sendo regado a esmo com os encorpados vinhos brancos nascidos dos vinhedos que cobriam, vastos, as encostas de Attaviros, os finos licores de todas as proveniências inundando de risos soltos e conversas fúteis a atmosfera cálida. Freyja revelava-se em todo o seu esplendor como anfitriã, cavaqueando com os convivas, orientando os servos, providenciando uma festa como poucas haviam sido vistas ao longo da rica história daquela virtuosa e antiga cidade. E, contudo, pela minha mente corria célere o desejo de me furtar à companhia dos que me homenageavam com a sua presença, ansiava escamotear as questões teimosamente assestadas, as minhas pesquisas e trabalhos sendo o mote preferido de todos os que se me dirigiam. Queria, acima de tudo, poder analisar o assombroso objecto que apenas pudera entrever sucintamente, um disco de bronze graduado no bordo, um anel de suspensão para a verticalidade e uma mediclina formando o admirável mecanismo contido na caixa onde, artisticamente, uma goiva reproduzira fabulosos seres marinhos. O valioso presente oferecido pela mulher a quem me encontrava ligado por laços inusitadamente tenazes serviria, segundo me havia dito, para a medição a altura dos astros acima do horizonte, podendo ajudar na navegação marítima ou resolver problemas geométricos. Quantos conhecimentos se esconderiam dentro daquele abscôndito mundo de mistério que parecia ser a vida dela…?

Veio, sentou-se encostada a mim, fez-me esquecer os tormentos e dúvidas que me vinham assolando, o festim findo com a saída do último convidado dando lugar à celebração de uma união espiritual mediante uma entrega física que atravessou a madrugada para cessar apenas aos primeiros raios do novo dia. Dormimos, extenuados, a manhã passando por nós sem que disso déssemos conta, a canícula despertando-nos já tarde adentro. Uma ideia, provavelmente resultante de algum sonho evanescente, instilara-se, fixa na minha cabeça. Hoje, Freyja teria de se me mostrar por inteiro, ou deixá-la-ia... Se fosse capaz…”

V.A.D.

V.A.D. e Sophia em Antiquitera

Imagem: Astrolábio (http://plato.if.usp.br/1-2003/fmt0405d/medievo/islam/astrolabio2.jpg)

“Tenho um astrolábio

Que me deram beduínos

P’ra medir no firmamento

Os teus olhos astralinos…”

música: Bairro do Oriente (Rui Veloso)

publicado por V.A.D. às 15:00
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Perola a 1 de Abril de 2008 às 23:11
Por vezes uma companhia pode parecer tão pouco, mas se for a certa, pode mudar e fazer tanto.

Adorei, amigo VAD!

Beijo grande e boa noite para ti.


De V.A.D. a 2 de Abril de 2008 às 03:07
A vida só faz sentido se houver uma partilha integral, o caminho sendo percorrido na companhia de quem nos pode ajudar a vencer as dificuldades e a apreciar as belezas... :-)

Obrigado, amiga!
Não tenho tido tempo para visitar o teu espaço, mas prometo que o farei, assim que o conto, bastante absorvente, terminar.

Também eu te desejo uma magnífica noite!

Um grande beijo e um enormeeeeeeee sorriso... :-)


De Emanuela a 2 de Abril de 2008 às 02:34
Pobre Hiparco! Ou não. Afinal, apesar de estar a ser usado de certa forma, ele teve até agora muitos benefícios: trabalhar em algo tão grandioso e que lhe era, sem dúvida agradável e ainda desfrutar da companhia de uma mulher como ela. Bem, sigamos em frente.
Beijinhos


De V.A.D. a 2 de Abril de 2008 às 03:11
Hiparco sente que ela lhe esconde muitas coisas. Houve um acordo tácito: ele julgava ser capaz de suportar os mistérios, mas a necessidade de saber tudo sobre Freyja está a revelar-se mais forte...

Faltam apenas dois capítulos; o desfecho, que julgo poder ser interessante, aproxima-se... :-)

Desejo-te uma magnífica noite, amiga, e prometo visitar o teu maravilhoso espaço, assim que o tempo, escasso, mo permita...

Um grande beijo e um enormeeeeeeeee sorriso... :-)


De poetaporkedeusker a 2 de Abril de 2008 às 03:18
E pronto, já temos a Freyja apaixonada pelo Hiparco e o Hiparco mais determinado na sua postura...
Meu amigo, estou mesmo cansada! Um abraço para vós, em Antiquitera!


De V.A.D. a 2 de Abril de 2008 às 14:12
Embora houvesse um acordo tácito, uma espécie de pacto de silêncio em relação à vida de Freyja, é natural que os mistérios e as dúvidas começassem a pesar...

Estamos prestes a chegar ao fim da história. Esperamos que possa ser interessante... :-)

Votos de um magnífico dia, amiga!

Um beijo... :-)


De Lina a 2 de Abril de 2008 às 14:20
"Logo que passe a monção" É linda tb assim como o " Bairro do Oriente"

Navego na tua história, sinto-me perto dos cenários e é com interesse que aguardo o desenlace.

Sempre a escrever com a alma.

Abraço V.A.D.

Lina


De V.A.D. a 3 de Abril de 2008 às 03:33
Olá, amiga :-) Fico satisfeitíssimo por saber que o conto se está a revelar interessante e agradeço, em meu nome e no da Sophia, as tuas amáveis palavras.
Tem sido uma experiência fantástica, pela parceria, pela pesquisa que exige, pelo prazer que tem dado a construir...
O desfecho aproxima-se... :-)

Um beijo e um enormeeeeeeeeeeeee sorriso... :-)


Comentar post

.quem eu sou...


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds