Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008

Cidónia (V)

“A fantástica e árida beleza da paisagem parecia entranhar-se por todos os meus poros, o pó de incontáveis milénios voluteando no ar rarefeito, o ténue mas veloz vento soprando finos grãos de areia de encontro à viseira protectora num constante e surdo matraquear. No decurso daquela hora, um silêncio reverente havia-se instalado, os companheiros de jornada soltando a espaços contidas exclamações de espanto, uma estranha impressão de acanhamento apossando-se de todos perante a amplitude daquele oceano seco, cinquenta milhões de anos separando-nos da imensidão líquida do Mare Erythraeum. Ao longe, divisavam-se as estruturas dos nossos propósitos, a geologia criando ilusões ou a artificialidade esculpindo figuras quiméricas e desafiadoras da imaginação. À medida que tomavam forma, a excitação aumentava, corpos agitados e braços estendidos indiciando o avistamento da pirâmide de  DiPietro e Molenaar numa definitiva explosão de vozes estupefactamente deslumbradas. Mais para a direita, ainda oculta atrás de uma colina sem significado, a Face aguardava-nos, três quilómetros de comprimento e metade de largura prestes a serem minuciosamente escrutinados. Induzido por uma ânsia desmedida, fixei os olhos no mapa projectado no pára-brisas e pisei a fundo, o acelerador…”

V.A.D. em Cidónia

Imagem: Cidónia (www.rumormillnews.com/cgi-bin/forum.cgi?noframes;read=117875)

música: Sauvage et Beau (Vangelis)

publicado por V.A.D. às 02:32
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De mnike30 a 29 de Fevereiro de 2008 às 09:07
Estupefactamente deslumbrada estou eu...
"A fantástica e árida beleza desta tua paisagem entranha-se por todos os meus poros...

Voltarei com mais tempo...
Beijinhos
:)


De V.A.D. a 1 de Março de 2008 às 02:44
Aquilo que escrevo não passa de uma pálida imagem das paisagens que povoam a minha imaginação... Ainda assim, pinto-as em palavras, das melhor forma que sou capaz... :-)
Agradeço-te, amiga. É bom saber que o quadro está a ficar colorido de sensações... :-)

Desejo-te uma óptima noite e um maravilhoso fim-de-semana!

Um beijo e um enormeeeeeeeee sorriso... :-)


De poetaporkedeusker a 29 de Fevereiro de 2008 às 13:33
E assim se caminha em Cidónia... ainda em busca do Santo Graal? Ou... já em busca do Santo Graal?
Abração!


De V.A.D. a 1 de Março de 2008 às 02:46
Cidónia está prestes a revelar-se na sua verdadeira magnitude e mistério. O Graal ficará brevemente ao alcance dos viajantes... :-)

Desejo-te uma óptima noite e um excelente fim-de-semana!

Um beijo... :-)


De **** a 1 de Março de 2008 às 15:37
"uma estranha impressão de acanhamento apossando-se de todos perante a amplitude daquele oceano seco" - Não o posso ser deveras, mas já é bom ser um dos membros da expedição ao ler a tua maravilhosa viagem... A “árida beleza da paisagem parecia entranhar-se por todos os meus poros”, ecoando na mente o mesmo surdo matraquear e vislumbrando-se, ao longe, uma colina bela na ausência de significado que se interpõe à Face.

"pisei a fundo, o acelerador" - seria algo que faria caso fosse a personagem, numa ânsia desmedida para alcançar o objectivo tão dolorosamente próximo, mas como leitora dividindo-me entre o desejo incontido de saber como acabará e ambição que, parágrafo a parágrafo, se prolongue.

Beijos
E que sejas acelera só em Marte,

Sophia


De V.A.D. a 2 de Março de 2008 às 01:58
Creio que poucas coisas se assemelhariam a uma experiência assim, os sonhos de menino sendo realizados, os devaneios de adulto tornando-se tangíveis... :-)
Nutro uma enorme paixão por estes temas e, embora saiba que muitos dos mistérios e enigmas não passam de ilusões, não deixo de me fascinar pela hipótese de, algures, existir vida inteligente.

Depois da Lua, Marte é o objectivo lógico da humanidade. Li e aconselho-te a leitura (leve) de um artigo publicado na Super Interessante de Março. Creio que irás gostar.

Humm... Confesso-te que gosto de velocidade, quer em duas, quer em quatro rodas. No entanto, evito riscos desnecessários, acelerando a fundo apenas e só quando estão reunidas as condições para o fazer em segurança... :-)

Desejo-te uma óptima noite e um excelente domingo, amiga!

Um beijo e um enormeeeeeeeee sorriso... :-)


De Emanuela a 2 de Março de 2008 às 03:13
Duas passagens que me tocam profundamente neste momento da tua aventura: a apreciação do pó, de milênios, que me levou à recordações da apreciação da beleza de uma pedra , imaginando o tempo que ela levou para estar daquela maneira e a tua ansiedade , retratada no acelerar. Porque em momentos assim é quase impossível ter um absoluto controle de nós mesmos...
beijos


De V.A.D. a 2 de Março de 2008 às 03:23
É verdade, amiga. Incontáveis milénios tiveram de decorrer para que uma simples pedra se apresente tal como a vemos. Éons passaram, desde que a poeira das estrelas, de que todos somos feitos, se organizasse em estruturas cada vez mais complexas, a entropia sendo contrariada, a vida representando o expoente máximo da tessitura maravilhosa que o caos pode elaborar...

Ninguém tem um controlo absoluto sobre aquilo que é e sobre a forma como reage. A ansiedade é poderosa e consegue superar a racionalidade, hajam para isso motivos verdadeiramente fortes. No caso retratado na história, creio que a pressa se torna perfeitamente admissível... :-)

Obrigado, amiga, pelas tuas palavras.

Desejo-te uma óptima noite e um excelente domingo!

Um beijo e um enormeeeeeeee sorriso... :-)


De poetaporkedeusker a 3 de Março de 2008 às 21:58
Obrigada V.A.D.!
Um abraço para ti!


De V.A.D. a 4 de Março de 2008 às 02:54
É a mim que cabe agradecer a tua amabilidade! :-)

Desejo-te uma óptima noite, cheia de sonhos espalhados pelo Cosmo...!

Um beijo... :-)


Comentar post

.quem eu sou...


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Curvatura

. O horizonte de eventos e ...

. Subjectividade

. O "capacete de deus"

. Apontamento (II)

. Apontamento

. Alter Orbe (II)

. Alter Orbe (I)

. Marte

. Regresso

.arquivos

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Fevereiro 2012

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Blog Nomeado Para:

.contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds